Banner DRAPALG
Procurar
algarve_mandelbluete_350.jpg
 
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
  • DRAP Algarve
Entrada
DRAPAlgarve
Recursos Humanos / Procedimentos Concursais
Planeamento e Gestão
Catálogo de Serviços
Temas e Serviços
Fitossanidade e Certificação Alimentar
Agrometeorologia (informação atual e séries anuais registados nas EMA)
Publicações (Mediateca)
Preçário da DRAP Algarve
Informação financeira (compromissos e pagamentos)
Pesquisar
Ligações úteis
 
Plano de Contingência para controlo da Tecia Solanivora
14-Jun-2018

 

TECIA SOLANIVORA

Tecia solanivora é uma praga de quarentena das mais destrutivas, que tanto ataca a batata em cultura como a batata armazenada.

Esta praga causa graves estragos nos tubérculo, inviabilizando a cultura da batata, cujo controlo é objeto de um plano de contingência.

Aceda aqui ao Plano de contingência para o controlo de Tecia solanivora

 
Zonas Vulneráveis
26-Apr-2018

CÓDIGO DE BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS

A poluição do meio hídrico (superficial e subterrâneo) por nitratos de origem agrícola está quase sempre associada à agricultura intensiva e uso de fertilizantes em excesso. Para reduzir a poluição das águas causada ou induzida por nitratos de origem agrícola bem como para impedir a propagação desta poluição estão legalmente estabelecidas medidas de proteção, e entre outras, o incentivo a boa prática agrícola designadamente o uso racional e sustentável de fertilizantes.

Neste sentido, e, dando cumprimento à legislação em vigor (Decreto-Lei nº 235/97 com a atual redação, que transpõe para o direito interno a Directiva n.º 91/676/CEE) e à necessidade de revisão do primeiro Código publicado em 1997, foi, em fevereiro de 2018, aprovado e publicado um novo Código de Boas Práticas Agrícolas (aceda aqui ao Despacho 1230/2018, DR 2ª série de 5fev) como contributo para a melhoria do nível de protecção das águas contra a poluição difusa de origem agrícola com consequências nefastas para o meio hídrico.

 
Inspeção de equipamentos de aplicação PFF
23-Jun-2016

Inspeção obrigatória de equipamentos de pulverização de produtos fitofarmacêuticos

Os equipamentos de aplicação (terrestre ou aérea) de produtos fitofarmacêuticos autorizados para uso profissional e respetivos acessórios são objeto de inspeção obrigatória (aceda aqui ao Decreto Lei nº 86/2010 de 15 de julho).

A referida inspeção é realizada nos Centros de Inspeção Periódica de equipamentos de aplicação de Produtos Fitofarmaceuticos (CIPP) reconhecidos pela DGAV

A partir de 26 de novembro de 2016 só podem ser utilizados equipamentos de aplicação de produtos itofarmaceuticos que tenham sido aprovados em inspeção, a qual deve ser repetida de três em três anos, om algumas exceções, de caráter temporário e transitório, na fase inicial. (aceda aqui ao Despacho nº 15/G/2016).

Os proprietários ou utilizadores dos equipamentos devem inscrever-se num CIPP reconhecido, o qual emite um comprovativo de inscrição com indicação da data provável para a realização da inspeção.

Para mais informação sobre esta matéria poderá consultar o site da DGAV, onde pode aceder à lista dos CIPP_Centros de Inspeção Periódica obrigatória de equipamentos de aplicação de Produtos fitofarmacêuticos e ao manual de Inspeção Prévia de Pulverizadores e Requisitos por Medição.

 
<< Início < Anterior | 1 2 | Seguinte > Final >>

Resultados 8 - 12 de 12
Símbolo de Acessibilidade à WebD
© 2019 Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve
Site optimizado para Internet Explorer 5+ Resolução 1024 X 768